09 outubro 2005

Sobre salivação...

Bom, meu pai esteve com uma salivação terrível por alguns meses, não sei como ele não se desidratava, pois além de tudo ele bebe pouca água.

Depois que a medicação foi alterada ele passou a babar menos, e as alucinações também diminuíram. Antes de 10 palavras que ele dizia aproveitávamos em uma conversa apenas... zero. Agora a gente já entende o que ele fala, já dá para acompanhar o seu raciocínio e ele voltou a assistir os jogos de futebol na TV... tem melhorado bastante, só falta mesmo fazer a fisioterapia... Fisioterapia, há quantos meses eu digo que ele vai ter que fazer mesmo? Um bocado. Nem lembro mais...

Um beijos a todos, e boa semana!

2 comentários:

Fátima disse...

Meu pai é portador de DP desde 2002, mora em João Pessoa com minha mãe. Iniciou no ano passado tratamento de fonoaudiologia baseado na Reorganização Neurofuncional do Método Padovan, atualmente faz quatro atendimentos semanais, antes de iniciar este trabalho, apresentava dificuldade para deglutir, salivação excessiva, dores nas pernas, muito tremor, muita dificuldade para falar. Logo de início a deglutição melhorou muito, passou a deglutir melhor diminuindo assim a salivação, melhorou nos movimentos do corpo, principalmente na marcha.
Em abril de 2006 passou por uma cirurgia de próstata, ficando afastado do tratamento com o Método Padovan durante quase dois meses, as dores nas pernas voltaram, o tremor, a dificuldade para deglutir, e outras dificuldades também começaram a aparecer, após o primeiro mês que retornou para os exercícios as dificuldades diminuíram, e principalmente ele está se sentindo muito bem.
Sei que ainda temos uma caminhada muito grande pela frente, meu pai está apenas no início de uma grande jornada, mas a única certeza que temos é que ele não vai parar este tratamento que aliado aos medicamentos tem sido determinante no seu estado de saúde geral.
Vou parando por aqui, pois meu comentário já esta muito grande....

email: fmuxfeldt@uol.com.br

Anônimo disse...

depois d tudo manda o psi pra puta q o pariu e v se a besta engole o q receita