12 janeiro 2005

Boa noite, pessoal.

Depois que diminuimos a dose do Prolopa meu pai melhorou bastante das confusões. Nossa, que diferença!!!
Não está 100%, mesmo porque acredito que jamais voltará a ser 100%, a não ser que alguém queira fazer uma experiencia com células-tronco nele e este experimento seja um sucesso.

Só hoje no final da tarde que ele ficou dizendo que morava em outra casa, em outro bairro. Provavelmente algum resquício de vida dupla. Mas, quando a gente aperta nas perguntas, ele fica na dele, acho que o consciente atua e aí ele não dá todo o serviço... Não temos como provar nada.

Os pés e pernas continuam inchadas, mesmo com todo o cuidado na alimentação. Não estou mais fazendo as massagens porque voltei das férias e fico fora o dia todo. Mas, segundo minha mãe ele está passando "doutorzinho" todo dia. E isto é um progresso, já que ele ficava prostrado na cadeira o dia todo, e até para comer a gente que tinha que levar e trazer.

Até a própria comida ele estava colocando estes dias! Mas, agora deu uma recaida. Porém depois de amanhã, 13/01 iremos levá-lo novamente ao neurologista. Este neuro é Diretor de uma fundação de Neurologia aqui em Salvador, talvez ele possa nos ajudar mais que o anterior.

E vocês? Como estão?

Dalva, gostei das fotos e do depoimento da sua viagem. Fiquei com vontade de ir à Parati também. Quem sabe nas próximas férias???

Beijos para todos.