20 agosto 2005

Boa noite, pessoal.
Estou aqui novamente conforme prometido.
Bom, meu pai já passou pela consulta com o neuro, no dia 18. Ele recomendou mais uma vez que ele fizesse fisioterapia, pois caso contrario ele ia piorar bastante e sentiria dores de fazê-lo gritar.
Quanto às alucinações, disse que pode ser causado pelo Akineton, e nos recomendou um teste: ao invés de dar um comprimido à noite, daremos 1 pela manhã e um à noite, para ver se aumenta a confusão e alucinações. Também devemos dar com um intervalo de mais ou menos 1 hora entre akineton e o mantidan.
Por enquanto, passado dois dias neste novo esquema. Não percebemos aumento de alucinações, mas ele está bem confuso, fica sem saber como sentar na cadeira, por exemplo. A irritação e nervosismo está menos intenso, mas ainda persiste.
Vamos ver o que o médico diz da próxima vez.
Enquanto isto vamos procurar alguém que possa levá-lo a fisioterapia, pois o médico não recomendou a fisioterapia realizada em casa, pois no caso dele deve ser uma mais elaborada.
Beijos a todos, e muita força para nossa companheira Isabel Franco, que recentemente perdeu a mãe e sofre com o pai com parkinson, que nos escreveu através do "comment" do meu último depoimento.
Força a todos nós.