23 janeiro 2012

LIGIA UM DEPOIMENTO DE MUITA FÉ E CORAGEM!!!

MUITOS AMIGOS NÃO CONHECEM A MINHA HISTÓRIA.
ENTÃO RESOLVI ESCREVER.

Meu nome é Ligia Melo do Nascimento, tenho 30 anos e aos 23 anos, começou os sintomas do que mais tarde veio se confirmar como Doença de Parkinson de Início Precoce. É muito complicado esse diagnóstico nessa idade, imaginar minha vida dali pra frente, casada, com 2 filhas pequenas...no início tudo é difícil, a aceitação do diagnóstico. Saber lhe dar com as mudanças que viriam a seguir era o meu maior desafio. Então com muita fé em Deus e com o apoio de toda minha família consegui superar esta fase. O apoio familiar neste momento é de extrema importância. Saber que as pessoas que te amam estão ao seu lado, sentir esse amor. Foi assim que me senti.

Depois veio aquela fase em queria fazer tudo de uma vez, parecia que o tempo era curto. Comecei os tratamentos, fisioterapia, fono...até que tudo passou a ficar muito difícil com o avanço da doença. Essa fase pra mim foi um divisor de águas. Tudo o que eu começava não conseguia concluir. Já não era mais tão independente como sempre fui. Pra tomar qualquer decisão ou programar algo; para trabalhar; ser mãe e esposa. Vi os amigos se afastarem, muitas vezes por não saber como lhe dar com a situação. Eu via nos olhos das pessoas que me amavam o sofrimento delas junto comigo, e a sensação de impotência mediante a tanta dor e dificuldade. Eu nunca me entreguei a estas circunstâncias pelas quais passei. Mas confesso que nesses dias por muito pouco não entrei em depressão. Já quase não saia de casa, a não ser as idas e vindas de hospitais. Os medicamentos já não eram eficazes. Os tratamentos eu não tinha condições físicas para fazer. Os médicos começaram a cogitar uma possível cirurgia, fiz os exames iniciais que confirmaram essa indicação. Mas foi exatamente aí que as coisas começaram a mudar. Quando já não tinha muitas expectativas na minha vida, foi que provei da fidelidade de Deus. Que nunca me abandonou nem mesmo nesses
momentos mais difíceis. Deus começou a mudar a minha história. Colocou pessoas certas no meu caminho. Passei a melhorar do estado em que me encontrava, os médicos apesar de não entenderem nada do que estava acontecendo comigo, admitiram a minha melhora, cancelando a cirurgia, e ainda diminuíram os medicamentos. Pra uma doença que é progressiva e degenerativa e com poucas expectativas de melhora, com certeza era uma grande vitória. O melhor de tudo foi poder voltar a fazer coisas que já não fazia mais. Voltar a sorrir; ver a felicidade das minhas filhas em me ver melhor; sentir a satisfação do meu esposo e a sua alegria de ter sua esposa novamente; minha mãe, irmãos e todos os familiares e amigos compartilhando desse momento. Sei que Deus é fiel e justo para terminar o que começou. Eu creio na minha cura por completo. Mas aprendi a não perguntar mais o porquê e sim para quê. Pois tudo têm um propósito e o seu tempo devido. Continuo seguindo com minha fé que me fortalece mais a cada dia. Agradeço todos os dias a Deus pelo seu grande amor por mim. Por tudo o que tenho e por ter pessoas tão especiais que tenho ao meu lado.
“...a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.” Hebreus 11.1


A história de todos nós
(transcrito do Grupo da Associação Brasil Parkinson no Facebook)

Olá! Meu nome é Ligia, tenho 30 anos e desde os 23 anos tenho Parkinson Juvenil.
Aos poucos nos conhecemos mais por dentro e por fora. Há coisas em nós que gostaríamos de mudar, mas muitas vezes não temos coragem de fazer, ou nos falta estímulo para isso. Você já parou pra se perguntar se a Doença de Parkinson te fez mudar? Essa pergunta quero direcionar aos que tem e aos que convivem com ela. Será que existe esse lado “bom” de um mal tão grande como esta doença. Pois existe sim. Posso falar por mim mesma. É um longo caminho até essas mudanças se tornarem reais. Eu me tornei uma pessoa mais calma, tolerante e paciente. Para quem tem Parkinson, a maioria deve estar pensando nesse momento que é óbvio, pois nos tornamos parcialmente dependente das pessoas, e com o tempo aprendemos que calma, tolerância e principalmente paciência são extremamente necessários para nós.
Agora, gostaria de perguntar a você que é parente, amigo ou cuidador de uma pessoa portadora da Doença de Parkinson, será que você tem sido calmo, tolerante e paciente com esta pessoa? Já parou pra pensar o quanto ele ou ela precisa de você? Ou ainda que poderia ser você?
Desculpe a sinceridade em falar assim, mas é a pura verdade, pode acontecer com qualquer um. Infelizmente há muita falta de respeito e compreensão, mais ainda de amor e carinho por parte das pessoas que convivem com quem tem a doença. Principalmente com os doentes idosos, que na maioria das vezes, também tem outros problemas de saúde, o que acaba tornando mais difícil o cuidado com essa pessoa.
Mas a minha intenção é fazer com que você pare e pense sobre essa necessidade de quem tanto precisa de você.
O seu apoio e principalmente o carinho e atenção com que você se dedicar a esta pessoa, será fundamental na forma com que ela vai encarar a convivência com a doença.

Essa é a minha forma de enxergar ...”a história de todos nós”...que convivem com a Doença de Parkinson . Abraço a todos os amigos.

Para maiores informações sobre a Doença de Parkinson, visite o site da Associação Brasil Parkinson:
http://www.parkinson.org.br/

14 comentários:

Baldoino Soares Badu disse...

Ela é associada da ABP e participa do nosso chat, uma grande guerreira.

TECA disse...

Lígia, boa tarde!
Embora bem mais velha que voce ,minha história é parecida com a sua.Creio que te toda pessoa com Pk tem uma história parecida...
Lindo seu depoimento.Siga sempre com essa fé em Deus pois creio firmemente que isso é nossa força
Abraços
Teca

labergamo disse...

Vamos nos comunicar. É preciso e eu preciso. Abraço

Ligia Fotógrafa disse...

QUERIDOS AMIGOS, NOSSAS VIDAS SE ENTRELAÇAM MESMO QUE NUNCA TENHAMOS NOS VISTO OU NOS FALADO...QUANDO VEJO A HISTÓRIA DE CADA UM DE VOCÊS,ME VEM UM SENTIMENTO FAMILIAR, COMO IRMÃOS.CONTEM COMIGO.
FACEBOOK LIGIA MELO DO NACIMENTO
EMAIL ligiamelonascimento@hotmail.com

Anônimo disse...

Oi, Ligia, querida! Sou Lulu sua amiga do Fb. saiba que vc é um exeplo de superacao pra todos nos, minha querida!!! Beijos e seja sempre essa luz!!!!

alecsandra viola disse...

Ola,Ligia assisti a sua palestra na clinica aonde trabalho na estancia vale verde,foi maravilhosa.desejo a vc e sua familia sucesso.fique com Deus.beijos

Ligia Fotógrafa disse...

Alessandra, muito obrigada pelo carinho querida, mas fomos nós que ficamos extremamente felizes e agradecidos pela hospitalidade e experiência que vivenciamos com vocês! grande bjo...

alecsandra disse...

Ligia bom dia,sou a aux de enfermagem da estancia vale verde novamente estou te escrevendo para te dizer que preciso de vc e queria ser sua amiga. porque tambem sofro preconseitos.obrigado por me responder beijos .alecsandra viola

Ligia Fotógrafa disse...

...querida, será um prazer ser sua amiga...me ligue quando quiser conversar...11 2513-1197 é da minha casa...grande bjo

Renato disse...

Depoimento do Sr. Mark Wilson: "Sempre fui uma pessoa de respostas rápidas – sempre pronto a dizer algo engraçado ou espirituoso – , mas a dificuldade de fala causada pelo Parkinson deixou-me mais quieto e calado, porque eu não conseguia colocar as palavras no momento adequado." Link.

Abs,
Renato Padilha

Jesus puro amor disse...

Parabéns pelo blog.
Jesus já levou sobre si todas as nossas enfermidades e dores, na cruz do calvário. Declare a palavra de Deus, acredite, não duvide em seu coração, a palavra de Deus é fiel, e ela não volta vazia, receba com fé sua cura.
Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades,
Salmos 103:3
Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

Isaías 53:4-5
O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.
João 10:10

Jesus puro amor disse...

Jesus já levou sobre si na cruz do calvário todas as nossas doenças, acredite sem duvidar no coração.
Não deixando nunca de fazer os tratamentos médicos, Deus nos cura de diversas formas, usando os medicos, ou por cura milagrosa. Devemos declarar a palavra de Deus, pois ela não volta vazia. Recebamos a cura que Jesus já nos deu.

"Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades,
Salmos 103:3

Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Isaías 53:4-5

O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.
João 10:10

Fios e contas disse...

Lígia gostaria de te conhecer, temos a mesma visão dessa doença, guerra requer força e eu descobri que força depende de bom humor e boa vontade, vamos nos comunicar? meu email:odaradara@gmail.com
faceboook: ines benevides

linda disse...

Meu nome é nans Meu namorado e eu estávamos felizes, tanto quanto eu poderia dizer e eu nunca pensei que iria quebrar-se. Quando seu primo morreu em um trágico acidente de carro, ele voltou para a Philippine por uma semana para estar com sua família. Eu não podia ir porque eu estava no meio de entreter os clientes fora da cidade para o trabalho. Ele não parecia estar chateado que eu não poderia ir, então eu deixá-lo ser. A próxima coisa que eu sei, ele reconectado com um velho amigo de escola que ele tinha uma queda por anos e eles começaram a ter um caso! Eu não tinha idéia do que estava acontecendo até que um mês depois que ele voltou de Philippine.He passou a ver a ela e eu até que eu peguei ele testando ela uma noite. Eu confrontei-o e ele me disse a verdade sobre o que aconteceu. Nós terminamos e fomos nossas maneiras separadas. Nenhum de nós lutaram para o nosso relacionamento. Eu estava com raiva e decidiu não ficar chateada com isso e apenas mantê-lo em movimento. Em seguida, após cerca de um mês de não falar com ele eu fiquei triste. Eu queria que ele me diga que ele queria ficar comigo e não ela. Entrei em contato com Dr.okojie por um feitiço de amor e ele totalmente me ajudou! ele foi capaz de levá-lo a me perder para onde ele queria voltar a ficar juntos novamente. Ele tinha um monte de arrependimentos e me senti mal por não lutar para me manter e para fazer batota em geral. Ele valoriza a nossa relação muito mais agora e estamos juntos agora! Você também pode obter o seu amor de volta com a ajuda de Dr.okojie em contato com ele através de seu e-mail: drokojiehealinghome@gmail.com